Empatia e solidariedade na Comunidade Maturi no Facebook

No final do ano passado, publicamos no Blog Maturi O que os participantes esperam da Comunidade Maturi em 2021 onde compilei as respostas organizando-as livremente em assuntos de minha escolha.

Trouxe as expectativas dos respondentes revelando como prevalente o desejo de bons augúrios e o respeito aos demais participantes de um grupo virtual cujo maior interesse é a busca de novas perspectivas de vida e carreira para os 50+.

Propósitos e expectativas expressas por “membros que esbanjam esperança, afeto, consciência social e o real desejo de um mundo melhor” em frases como:

  • Que nossa rede se fortaleça. E muita vacina pra todo mundo. 🙌🏻😅❤️
  • Que esta comunidade possa mostrar mais pessoas Maturis inspiradoras!
  • Que venha 2021 com muita saúde, prosperidade em todas as áreas de nossas vidas.
  • Vida longa e próspera aos maturis!
  • Que sigamos nos ajudando, nos dando força e bom ânimo. 😉

Leitoras e leitores do artigo poderiam classifica-lo como demasiadamente esperançoso e fruto da influência de sentimentos que, magicamente, tornam-se bons na mudança anual do calendário. Que nada. O relato sobre respostas de participantes da Comunidade Maturi é somente um pequeno pedaço do que ela pode ser.

Querem um exemplo?

Vejam como a última das frases selecionadas assume significado real.

  • Que sigamos nos ajudando, nos dando força e bom ânimo. 😉

Nos primeiros dias de janeiro, Raul de Oliveira postou na Comunidade: “Desde novembro estou tentando fazer a loja de camisetas Psico.Online engatar. Este é o terceiro e último mês, e se eu não bater a meta de vendas, vou tirá-la do ar. Venha conhecer https://camisetas.psico.online”.

comunidade maturi

Menos de 2 horas depois, começaram os comentários e interações – desde profissionais de marketing e vendas se dispondo a conversar sobre o negócio dando dicas de como aumentar as vendas a participantes da Comunidade com palavras de incentivo tentando animá-lo para manter a loja de camisetas online aberta.

Após 5 horas do desabafo inicial, Raul de Oliveira respondeu a um interlocutor:

… exatas 45 pessoas entraram na loja depois da thread. 😃

Efeitos da curiosidade, empatia e solidariedade e prova da audiência participativa da Comunidade.

Raul de Oliveira se define como um “psicólogo geek”, dono da startup Psico.Online é um dos pioneiros no atendimento psicológico via web. Como um “aficionado em tecnologia e na vida” fez parte do grupo que discutiu junto ao Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP) o atendimento online. O desenvolvimento das tecnologias da informação permitiu que, desde novembro de 2018, este modelo fosse praticado com as regulamentações do órgão classista.

A Psico.Online sentiu os efeitos da Covid-19 quando viu, com a virtualização do atendimento, a oferta pelo serviço aumentar e a demanda diminuir. Na tentativa de equilibrar receitas e despesas Raul se dispôs a estampar camisetas com motivos ligados à sua área. Ele gosta de se dizer “mais psicólogo que empresário”, mas que isto não o impede de divulgar eticamente seus produtos e serviços nas redes sociais buscando opções digitais para a rentabilização dos projetos.

Perguntado sobre o que o levou a fazer esta publicação na Comunidade Maturi, respondeu de pronto “a escolha foi por um espaço de diálogo onde pessoas com experiência poderiam dar ideias e opinar sobre variados assuntos, inclusive sobre como aumentar a venda de camisetas”.

Ao final do dia, Raul de Oliveira se obrigou a complementar a postagem inicial: “Update: muito obrigado a todos e todas que participaram ativamente da conversa de hoje, este mês ainda farei algumas das dicas de estampas. Além disso, acredito que o post serviu para muito aprendizado (para mim, com certeza). Aos poucos vou respondendo se surgirem mais comentários. Ótima noite e ótimo ano. ❤️”

São histórias como esta que nos faz acreditar que o compartilhamento respeitoso de ideias é o caminho para que a Comunidade Maturi no Facebook seja reconhecida como uma das mais ativas e capazes de articular opções que façam diferença na vida e na carreira de seus membros.

O grupo que conta atualmente com mais de 25 mil membros é um espaço para troca de experiências e informações sobre trabalho na maturidade. Não é um espaço para propaganda, mas sim para que compartilhemos as nossas dificuldades, erros e acertos desse desafio de procurar e encontrar oportunidades de trabalho para pessoas maduras.

Além disso, discutir novas alternativas, reinvenção e ressignificação nessa nova fase de vida, gerar ideias, divulgar notícias sobre o assunto bem como oportunidades concretas e, claro, criar muitas conexões.
Fique à vontade para convidar quem quiser para participar. Clique AQUI para fazer parte!

Walter Alves

Consultor social sobre diversidade e inclusão de pessoas 50+ no trabalho. Educador, facilitador em workshops e consultor em programas de diversidade e inclusão. Dedica-se, desde 2012, ao tema longevidade e preconceito etário. Parceiro da Maturi, onde escreve semanalmente para o blog. Produziu e apresentou o programa de entrevistas Trabalho no Futuro.
Walter Alves

Últimos posts por Walter Alves (exibir todos)