Mente sã, corpo são

À medida que novos casos de COVID-19 continuam surgindo por aqui, mais e mais pessoas vão ficando fechadas e deixando de lado a sua rotina que inclui a atividade física. Manter-se em casa, pode ser um grande desafio para relaxar e entrar na inércia do sofá e das comidinhas que nos trazem conforto e que, além de engordar, não ajuda na imunidade.

Ficar parado poder ter efeitos negativos na saúde, bem-estar e qualidade de vida de todo mundo e o que mais precisamos agora é ficarmos bem. A auto-quarentena também pode causar estresse adicional e desafiar a saúde mental. Técnicas de atividade física e relaxamento podem ser ferramentas valiosas para ajudá-lo a manter a calma e continuar a proteger sua saúde durante esse período.

A OMS recomenda 150 minutos de atividade física de intensidade moderada ou 75 minutos de intensidade vigorosa por semana, ou uma combinação de ambos. Essas recomendações ainda podem ser alcançadas mesmo na sua sala, sem equipamento especial e com espaço limitado. A seguir, estão algumas dicas sobre como permanecer ativo e reduzir o comportamento sedentário em casa. Só um aviso bem importante. Faça isso se você não tiver nenhum sintoma e nem restrições médicas:

 

  1. Faça pausas ativas curtas durante o dia

Breves períodos de atividade física somam as recomendações semanais. Suba a escada do prédio. Faça sequências de abdominais. Coloque as pernas para cima. Dançar, brincar com crianças e realizar tarefas domésticas, como limpeza e jardinagem, são outros meios para se manter ativo.

 

 2. Siga uma aula de exercícios online

Aproveite a alta disponibilidade de aulas de exercícios online. Muitos deles são gratuitos e podem ser encontrados no YouTube. Várias academias e personal trainers estão fazendo lives diariamente em seus perfis nas redes sociais. Faça tudo no seu ritmo. Procure aulas de acordo com seu nível de atividade.

 

 3. Andar

Mesmo em espaços pequenos, andar pode ajudá-lo a permanecer ativo. Se você receber uma ligação, fique em pé ou ande pela casa enquanto fala, em vez de se sentar. Se você decidir sair para caminhar ou se exercitar, mantenha uma distância de pelo menos 1 metro de outras pessoas. Mas o melhor mesmo é ficar em casa.

 

4. Levante-se

Reduza seu tempo sedentário, levantando-se sempre que possível. Idealmente, tente interromper o tempo sentado a cada 30 minutos. Considere montar uma mesa de pé usando uma mesa alta ou empilhando uma pilha de livros ou outros materiais para continuar trabalhando em pé. Durante o lazer sedentário, priorize atividades cognitivamente estimulantes, como leitura, jogos de tabuleiro e quebra-cabeças.

 

5. Relaxar

Meditação e respirações profundas podem ajudá-lo a manter a calma. Existem vários APPs disponíveis e vídeos no YouTube que são ótimos para lhe conduzir ao estado meditativo. Vibre boas energias!

 

6. Beba água e alimente-se bem

Para uma saúde ideal, também é importante lembrar de comer saudavelmente e manter-se hidratado. A OMS recomenda beber água em vez de refrigerantes ou sucos de caixinha que contém muito açúcar. Limite ou evite bebidas alcoólicas. Coma bastante frutas e vegetais e reduza a ingestão de sal, açúcar e gordura. Prefira grãos integrais ao invés de alimentos refinados.

Com essas dicas, vamos manter nossa cabeça e corpo sãos para combater melhor o coronavírus e o forçado isolamento social que vivemos.

 

FONTE: OMS

Regiane Bochichi

Profissional multidisciplinar, especialista em transmídia, com sólida experiência em ações de marketing e conteúdo jornalístico, adquirida em mais de 30 anos de atuação em empresas nacionais e multinacionais do segmento de comunicação tanto em veículos como em agências.
Regiane Bochichi