Maturi participa de ação que vai doar mil bolsas de estudo

Para participar, basta acessar a página do Protagoniza Aí e se inscrever até 02 de junho.

“Ninguém ignora tudo. Ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa. Todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre.” A frase é de Paulo Freire, considerado um dos maiores educadores mundiais, e sere para ilustrar mais uma ação apoiada pela Maturi, o “Protagoniza Aí”.

Em parceria com a Cia de Talentos e a Faculdade Descomplica serão abertas 1000 vagas para cursos em áreas como Gestão, Marketing, Tecnologia e Educação com bolsas de 100% para pessoas pertencentes a grupos minoritários como PCDs, LGBTQ+, étnico-raciais, 50+ e mulheres.

Além de ter a oportunidade de estudar gratuitamente, os alunos contarão com uma jornada de desenvolvimento profissional, liderada pela Cia de Talentos, e que tem por objetivo ajudar os bolsistas a se aprimorarem em suas profissões. Desta forma, eles passarão por dois momentos.

-No primeiro, receberão orientações das empresas participantes e poderão contar com a expertise de mais de 30 anos no mercado da companhia, que oferecerá palestras e rodadas de conversas online sobre carreiras e recrutamento.

-O segundo, acontecerá no Bettha, startup do Grupo Cia de Talentos. Lá, terão acesso a trilhas de conteúdo online de temas focados em carreira e processos seletivos. Os participantes farão, ainda, parte de um fórum online para trocar experiências e fazer networking.

 

protagoniza aí

 

“Quando olhamos para o mercado, entendemos que há uma lacuna na presença de grupos minoritários nas empresas. Isso também é consequência da menor presença destas pessoas nas salas de ensino superior. Por isso estamos animados em ajudá-los a ocuparem seus lugares de dever nas salas de aula e a contarem com um apoio profissional também”, diz Sofia Esteves, Fundadora e Presidente da Cia de Talentos, além de membra do Conselho de Empregabilidade da Faculdade Descomplica.

“A expectativa de vida média do brasileiro aumentou e, hoje, a carreira de uma pessoa pode se estender por 60 anos ou mais. Isso exige que as empresas repensem a visão de profissionais com mais de 50 anos e os vejam como colaboradores ativos e que podem contribuir com sua experiência.”

Na escolha de quem iria se beneficiar, as estatísticas falam por si. Segundo vários estudos, 10% dos profissionais que têm algum tipo de deficiência e 4,7% de negros ocupam postos de liderança nas organizações. No caso dos maturis, uma das mais graves consequências da pandemia é o aumento da quantidade de pessoas com 60 anos ou mais que deixaram a força de trabalho. Mais de 1,3 milhão de idosos deixaram de trabalhar ou de procurar um emprego, na comparação do primeiro trimestre de 2020 com o mesmo período do ano anterior.

A Maturi vem realizando um trabalho consistente para mudar esta realidade e a educação é uma das principais ferramentas.

“Acreditamos que somos agentes das mudanças que queremos, não apenas no mercado de trabalho, mas na sociedade em que vivemos, e que diversidade e inclusão são indispensáveis para todas as empresas e pessoas”, comenta Andrea Tenuta, head comercial da Maturi. “Por isso, apoiamos o programa “Protagoniza aí”, afinal acreditamos que o desenvolvimento e educação potencializa a empregabilidade dos maturis (como carinhosamente chamamos o público 50+).”

Os cursos serão dados pelo sistema EAD (ensino à distância). A divisão das bolsas será definida conforme a demanda for gerada. O Protagoniza Aí opta por sempre manter um número mínimo para cada pilar do projeto, porém, a definição sobre a divisão será feita conforme do engajamento do público.

A Faculdade Descomplica foi a primeira EdTech brasileira a ingressar no ensino superior e opera no modelo de microcertificações: os cursos são divididos por temática, em vez de seguirem aa separação tradicional por semestre. O aluno pode optar por qual tema prefere começar a estudar e, ao finalizar, recebe um certificado de especialista contando quantos estudos de caso foram realizados sobre o assunto, que pode ser linkado diretamente em seu perfil do LinkedIn.

“Estamos entregando a estes alunos qualidade de ensino e orientações valiosas para a vida profissional deles. Entendemos que esta combinação é a melhor forma de garantir que eles chegarão ao mercado de trabalho prontos para competirem pelas principais vagas em suas áreas de atuação”, comenta Daniel Pedrino, Presidente da Faculdade Descomplica.  “O perfil de alunos 50+ tem uma característica muito interessante que é o fato de que eles já fizeram ou tentaram fazer uma pós-graduação em outro momento de vida deles. Isso denota uma grande resiliência no sentido de entender o valor que a conclusão daquele determinado curso tem – o que culmina em um engajamento proporcionalmente maior deste público do que dos outros. “

O processo seletivo do Protagoniza Aí ocorrerá na Bettha e contará com as seguintes etapas: inscrições, testes online, apresentação em vídeo, etapa final e início efetivo do programa.

 

 

Para participar, clique AQUI e se inscreva. As inscrições começam no próximo dia 12 e seguem até 02 de junho. Poderão participar do processo pessoas pertencentes a um ou mais pilares de diversidade do programa, que tenham concluído alguma graduação e com acesso à internet e computador.

Você também poderá gostar de ler esse artigo: Maturi apoia programa de aceleração da Vitasay50+ para empreendedores acima dos 50 anos

Regiane Bochichi

Profissional multidisciplinar, especialista em transmídia, com sólida experiência em ações de marketing e conteúdo jornalístico, adquirida em mais de 30 anos de atuação em empresas nacionais e multinacionais do segmento de comunicação tanto em veículos como em agências.
Regiane Bochichi