Cheguei ao topo da minha carreira. E agora, o que fazer ?

Já pensou sentir que não há mais como se desenvolver, mesmo quando ainda falta muitos anos para se aposentar? Imagine ficar estagnado, sem grandes objetivos e desafios por um longo tempo? Decerto essa situação desmotiva qualquer profissional.

Pode parecer estranho à primeira vista falar de profissionais que chegaram ao topo de suas carreiras e precisam de novos desafios, mas esse quadro tem sido cada vez mais comum. Especialmente nos dias atuais, em que a geração Y está galgando cargos cada vez mais altos e atingindo níveis de diretoria antes dos 40, é comum nos depararmos com profissionais que já subiram todos os degraus necessários para se ter uma carreira bem sucedida, mas sentem que podem conquistar ainda mais.

Você pode ainda não ter atingido todas as etapas que desejaria em sua carreira profissional, mas é possível que conheça alguém com esse perfil ou, talvez em um futuro próximo, estará nessa situação, então, fique atento às dicas do Love Mondays para manter o estímulo lá no alto e conseguir se reinventar. Confira a seguir algumas dicas para alavancar a sua motivação, em especial para aqueles que precisam estimular equipes e, muitas vezes, milhares de funcionários.

Invista em um curso

Pensar “fora da caixa” sempre faz bem! Você sempre teve curiosidade em determinada área ou trabalho que domina pouco, mas nunca teve tempo ou paciência para fazer um curso dessa matéria? A hora pode ser agora! Que tal aprimorar seus conhecimentos fazendo um curso ou uma pós-graduação? Embora esse conhecimento ou habilidade não afete diretamente o seu trabalho, ele certamente impactará na sua forma de enxergar as coisas e pensar no todo, contribuindo para que você tenha novas ideias para projetos e até no funcionamento da empresa.

Converse com outros líderes

Às vezes, a ideia de um companheiro de profissão é o estalo de que você precisava exatamente para dar um passo diferente dos demais e inovar nas suas atitudes e na forma de ver as coisas, sabia? Por que você não conversa com os altos gestores de uma outra empresa que você conhece para saber como eles estão tentando se reinventar na carreira e se manterem estimulados? Será que essas pessoas também estão passando pelos mesmos dilemas que você?

Envolva-se nos projetos

“Quebrar a cabeça” para resolver um problema ou encontrar uma solução com todo o time pode ser a injeção de ânimo que faltava. Muitas vezes, um profissional que está no topo não se envolve demais com o dia a dia dos projetos e avalia apenas os resultados e a condução das etapas de cada iniciativa. Se, porém, você conhece a fundo cada projeto e se empenha em fazer tudo dar certo, encontrará alguns desafios e estímulos que te moverão para frente e darão um estímulo enorme para que você trabalhe juntamente com a equipe e, ainda, se reinvente como profissional.

Considere a possibilidade de morar fora

É verdade que abandonar alguns confortos que temos onde moramos é difícil, mas o resultado dessa mudança pode te surpreender, acredite! Se a empresa em que você trabalha for uma multinacional, por que não tenta se mudar para outro país? Além de ser uma atitude que indica ousadia e disposição, essa iniciativa certamente renderá inúmeros desafios na sua carreira, já que você terá que se adaptar a uma nova equipe, um novo país, novos costumes, uma nova forma de vida, etc. Pode ser, inclusive, uma forma de apresentar novas culturas aos seus filhos, que poderão se impactar positivamente por um novo estilo de vida.

Tenha a certeza de que sempre é possível crescer, independentemente da posição que você ocupa em uma empresa. Pode não ser um crescimento vertical, mas talvez de forma horizontal, ampliando seus conhecimentos, desafiando-se, estabelecendo novas metas e aprimorando tudo aquilo que você já construiu. Afinal, para um bom profissional, o céu é o limite!


Artigo publicado originalmente em Love Mondays – parceiro MaturiJobs.

Love Mondays é a maior comunidade de carreiras que profissionais acessam para decidir onde querem trabalhar. Através de mais de 600 mil faixas salariais e avaliações sobre o ambiente de trabalho em mais de 75 mil empresas, o Love Mondays influencia as decisões de carreira de 1 milhão de profissionais todos os meses.